Como manter uma boa alimentação nas viagens!

Dia a dia rotineiro, seguindo a sequência casa/trabalho/academia/casa. Dieta balanceada, horários certos para se alimentar, atividades físicas em ordem. Aí chegam as férias. Hora de arrumar as malas e botar os pés na estrada. Quinze dias ou um mês fora de casa, tentando aproveitar o tempo ao máximo, para conhecer pontos turísticos, passear, comprar e, claro, experimentar todos os pratos típicos e tudo de diferente que aparecer pela frente.

292491_262507273896002_1932729277_n

Porém, algumas pessoas já começam a se preocupar com a alimentação e com o fato de jogar todo o esforço de tanto tempo por água abaixo. Ganhar de volta as temidas gordurinhas e perder a massa magra conquistada em horas diárias de academia e o pior, trocar uma alimentação saudável pelas junk foods. Estou falando isso porque me incluo nesse grupo aí! Hoje já sei o que vou comer amanhã, desde a hora que levanto até a hora que vou dormir. Às vezes não dá para seguir à risca o planejado, mas, faço as substituições necessárias da forma correta. E então, me vi pensando nisso: como fazer para não jogar fora todo esse esforço durante uma viagem de férias? Claro que manter a rotina é impossível, mesmo porque não viajamos para ficar indo para a cozinha. Além disso, não fazemos as refeições nos horários costumeiros, se é que fazemos todas elas todos os dias. Em viagens, substituir as refeições por lanches é comum. Se for nos Estados Unidos então, normalíssimo!

44082

Então, fui pedir socorro para quem entende do assunto: tanto de viagens, porque ela também é como nós – ama conhecer o mundo -, quanto de refeições, uma vez que é nutricionista e atua na área esportiva (meu caso).

Nina Caselato, sócia da clínica Nuthree, dá uma dica interessante: fazer uma refeição errada por dia. “É preciso que as pessoas se programem. Por exemplo, se amanhã vai sair com os amigos para comer pizza à noite, tome um bom café da manhã, coma uma salada no almoço e programe os lanches do restante do dia”, diz. Ela conta que o grande erro é ficar mais de três horas sem comer. “Nas férias, seu corpo está trabalhando do mesmo jeito. Então é preciso alimentá-lo. Caso contrário, ele começará a estocar energia em forma de gordura e, quanto mais gordura, mais desacelerado estará o metabolismo”.

Especial Saladas

Enquanto no dia a dia as calorias não são a preocupação das dietas, uma vez que o objetivo é manter uma alimentação saudável e balanceada, nas férias as calorias devem, sim, ser levadas em conta. “Temos que pensar tanto no valor calórico quanto na qualidade dos alimentos. Então, se hoje é dia de comer massa no almoço, deve-se pegar mais leve no jantar. Se vai enfiar o ‘pé na jaca’ no café da manhã do hotel, vá com calma nas outras refeições. O que sempre indico é um tipo de salada por dia, seja no almoço ou no jantar, uma refeição errada por dia e ter os lanches sempre em mãos, como frutas, mix de castanhas e barras de cereais”, sugere.

Nada difícil, né? São itens que achamos em qualquer mercado ou feirinha e fáceis de carregar na bolsa. Nina conta que sempre faz isso durante as viagens e dá certo. “Se não comermos a cada três horas, na próxima refeição vamos comer mais do que o necessário”, diz.

7067681629_3c4e58253d

Ela fala que, agindo desta forma, quando as férias terminarem o peso não terá alterado muito, apesar que o percentual de gordura vai acabar aumentando, pois comemos alimentos mais gordurosos. “Isso acontece porque se perde massa magra, mas se ganha gordura. Digo que férias são como os finais de semana. Quantos finais de semana temos por ano? E se fizermos alimentações erradas em todos eles, como ficaremos? Nas férias temos que pensar nas refeições a cada dia”, compara.

Outra dica é incluir atividades físicas em alguns dias das férias. Por mais que não seja possível ir à academia ou que você ache perda de tempo, Nina dá dicas como fazer city tours a pé, descer em estações de metrô anteriores ao seu destino e ir caminhando. “Além de conhecer ainda mais a cidade, está praticando um bom exercício”, afirma.

Fominha que sou, as corridas sempre fazem parte das minhas viagens. Acordo mais cedo, calço meus tênis e pernas para que te quero. Meia hora ou uma por dia já é suficiente para não perder o ritmo e nem a forma. E, para quem também curte correr e malhar por tudo que é lado, a suplementação continua! “Caso já tomem suplementos, sempre lembrar de tomar as quantidades indicadas no pé-treino e incluir alimentos como ovo ou até mesmo queijo branco (o ‘até mesmo’ é porque as dietas são sem lactose), e o pós-treino tem que ter os alimentos antioxidantes para combater os radicais livres”, explica.

311114_344124915683070_73215304_n
Corridinha à beira mar

IMG_2454
Após atravessar a Golden Gate Bridge, em San Fracisco

E, falando em suplementos, caso estejam programando uma ida aos Estados Unidos, compensa trazer de lá barrinhas de proteína, comprimidos de ômega 3, BCAA, complexos vitamínicos e outros. Os preços compensam bastante.

Para finalizar, Nina brinca: “o importante é evitar o famoso ‘já quê’: já que vou comer pizza, vou também tomar um sorvete de sobremesa e depois provar um chocolate. Temos que escolher, a cada dia, o que vamos saborear de diferente. Se não, lá se vai todo o trabalho feito”, comenta.

Claro que férias são momentos de relaxar, mas, descuidar totalmente, jamais! Então, um bom autocontrole é fundamental. Nada de sair por aí comendo todos os chocolates diferentes que aparecerem, sanduíches no almoço e tortas da Cheesecake Factory (viciantes… aiaiai) no jantar, ficar horas a fio caminhando sem comer nada. Lembre-se: esses cuidados não são apenas para manter a forma, mas, muito mais do que isso: trata-se uma questão de saúde. Afinal, sem ela não vamos a lugar algum!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Como manter uma boa alimentação nas viagens!

  1. Excelente!! Sempre tive enorme dificuldade com isso e agora que tenho me mantido mais focada em um alimentação mais saudável no meu dia a dia, minha preocupação com as viagens aumentaram! Muito bom mesmo! Obrigada!!

  2. Pingback: New York: I want a piece of this big apple |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s