Eagle Cafe, meu novo restaurante favorito

IMG_4490 6.03.26 PM 6.03.26 PM

Quem não gosta de comer bem? Acho que todo mundo! Eu adoro algumas grandes redes americanas, que ainda conseguem fazer a comida sem aquele sabor industrializado que encontramos na maioria delas. Mas, vamos combinar que a comida boa de verdade é aquela preparada pelo chef, na cozinha pequena, feita com muito carinho e que deixa gosto de quero sempre mais.

Foi com essa sensação que saí do Eagle Cafe, um delicioso restaurante localizado no segundo piso do Pier 39, em San Francisco. Entre as paredes de madeira, estão delícias no menu que vão desde cafés da manhã tipicamente americanos, até pratos especialmente elaborados para almoço e jantar, incluindo o bar de ostras. Aliás, os frutos do mar são a especialidade da casa.

Curiosamente, o Eagle Cafe começou como um local que vendia tiquetes para passageiros que viajavam de barco partindo de San Francisco. O movimento era tanto, que os donos abriram um café e depois transformaram neste delicioso restaurante em meio a um dos pontos mais turísticos de San Fran.

Se tiver a oportunidade de visitar, não deixe de experimentar o camarão ao alho (garlic shrimp). O molho usado no prato é algo sem explicação. Cheguei a perguntar como é feito, mas este é um segredo do chef. Só soube que no preparo leva molho de ostras. E também senti um gostinho de limão e pimenta do reino, além do alho, é claro! Outra boa pedida foi o Clam Chowder, sopa de mariscos servida no pão Sourdough, prato típico de San Francisco! Chego a dizer que, ao invés dos sandubas e frituras, este deveria ser adotado como o prato típico americano! Falando em frituras e sanduba, experimentei uma batata frita que acompanha o sanduíche que leva o nome da casa e, não coincidentemente, achei a melhor que provei aqui até então! Para completar a lista de elogios, o atendimento é ótimo e a vista para a baía dispensa comentários! Agora deixe-me ir, porque deu fome!

Eagle Cafe
Pier 39 suite #103
San Francisco, CA
(415)433-3689

IMG_4495

* Travel3 USA é uma coluna escrita para a revista Travel3, publicação de origem mineira, mas que não tem limites para viagens mundo afora. Acompanhe por aqui.

Impressionante Alcatraz!

IMG_4489

Alcatraz, A Rocha, Prisão de Segurança Máxima. Todo mundo já ouviu falar dela, assistiu a algum filme ou leu um livro a respeito. E sempre as pessoas falam: “a prisão de Al Capone”. Sim! Esta mesmo. Ela não é mito e fica aqui, em San Francisco.

A desativada prisão é aberta ao público para que possam conhecê-la e desvendar seus mistérios. São milhares de turistas passando por lá anualmente, curiosos, principalmente, com a história da fuga de três prisioneiros que nunca foram encontrados. Sabe-se lá se afogaram, congelaram, foram devorados por tubarões. Aliás, esta história é muito bem contada no filme ‘Escape from Alcatraz’, com Clint Eastwood no papel do ex-presidiário Frank Morris. A prisão, localizada na pequena ilha a 2,4 km de San Francisco, funcionou como prisão federal entre 1933 e 1963. Depois disso, em 1969, foi ocupada por nativos ativistas de San Francisco. Já em 1972, se tornou área de recreação nacional e hoje é um importante patrimônio norte-americano.

O tour

O tour pela ilha começa no transporte, feito por barcos que navegam pela baía por 15 minutos até ancorarem na ilha de Alcatraz. Lá, os turistas podem caminhar livremente pelas dependências da ex-prisão, sendo a principal parte delas a área das celas. Para esta parte do tour, estão disponíveis guias em áudio para que os visitantes saibam o que se passou por ali. No áudio são contadas histórias da prisão, dos ex-prisioneiros e diversos fatos curiosos que aconteceram nos 29 anos de funcionamento. Um passeio imperdível para quem visita San Francisco.

IMG_4486

Alcatraz
Pier 33
Alcatraz Landing San Francisco, CA
Ingressos: alcatrazcruises.com

* Travel3 USA é uma coluna escrita para a revista Travel3, publicação de origem mineira, mas que não tem limites para viagens mundo afora. Acompanhe por aqui.

Rumo a L.A. com as mãos no volante

IMG_2301

Para o começo do ano, estava nos planos uma viagem a Los Angeles com minha mãe, que veio me visitar! À princípio, eu tinha pensado em ir de avião, para ganhar tempo naquela cidade. Já minha mãe preferia ir de carro para conhecermos o interior do estado e curtirmos mais nosso tempo juntas!

Concordei! Adoro dirigir e não me assuto com o novo! Pelo contrário. Tudo para mim vira diversão! E eu sabia que, com experiência de dirigir nas estradas do Brasil (ou melhor, de Minas Gerais), isso aqui seria o paraíso!

E não deu outra! GPS ligado para não errar o caminho e lá fomos nós! Saímos de Walnut Creek às 8h e seguimos um pouco pela estrada 680, mais um pouco pela 580, até pegarmos a 5, uma reta sem fim, que nos deixou dentro de L.A às 13h30! Eu poderia até dormir se quisesse, tão reta é a via! Mas minha mãe cuidou dessa parte enquanto eu seguia admirando as belas paisagens, que vão desde fazendas e campos verdinhos até montanhas com o pico encoberto por neve! Na volta, desviamos a rota pela remota 46 e pela histórica 101 e paramos na cidade mais linda e cenográfica da Califórnia: Carmel! Para quem quer se aventurar de carro por essas bandas, minha dica é: vá (mas não sem um GPS) e descubra o belo interior norte-americano!

* Travel3 USA é uma coluna escrita para a revista Travel3, publicação de origem mineira, mas que não tem limites para viagens mundo afora. Acompanhe por aqui.